HISTÓRIA

HISTÓRIA

Na cidade de Pelotas/RS, encontra-se uma das maiores escolas públicas da América Latina - o Colégio Municipal Pelotense. Contando com uma área total de aproximadamente 17.500m², o educandário possui atualmente 45 salas de aula, diversos laboratórios por área de ensino, dois auditórios, ginásio coberto, canchas de esporte e laboratórios de informática, entre outros espaços e setores didáticos. Destaca-se pela qualidade de seu ensino, contribuindo para isso, um quadro de 270 professores, 92 funcionários e aproximadamente 3.100 alunos.

A história do Colégio Municipal Pelotense, conhecido por reunir os famosos “Gatos Pelados”, está presente no livro da escritora Giane Lange do Amaral. Nele, a autora lembra que a escola, então "Gymnásio Pelotense", foi criado pela Maçonaria em 1902, representando uma alternativa de ensino laico primário e secundário, que se contrapunha ao ensino ministrado pelo "Gymnásio Gonzaga", fundado em 1894.

Nos primeiros anos, o "Gymnásio" funcionou como uma escola destinada apenas a meninos de classes sociais mais abastadas, pois era pago, sob regime de internato e externato. Mas já em 1913, havia uma aluna, Julieta Teles. E a partir daí, meninas passaram a ser aceitas para estudarem junto com os meninos, embora tenham sido, por algumas décadas, minoria no colégio.